"Manter a desinfeção prioritária e reforçar positivamente as demais regras de proteção é a melhor forma de tirar partido da data sem pôr a saúde em risco", explica Miguel Alves, CEO da Zoono Ibéria, empresa especialista em desinfeção.

Com a aproximação do dia mais aterrador do ano, os fãs dos doces, travessuras e das abóboras enfeitadas começam a fazer os preparativos para festejar em grande. E por isso mesmo, surgem as recomendações de segurança a ter devido à realidade atual marcada pela Covid-19 e risco de contágio.

Miguel Alves partilha cinco dicas adicionais que deve ter em conta para aproveitar ao máximo este Halloween!

Festeje em casa: prefira as atividades dentro de casa, ou em ambientes ao ar livre privados, ao invés de outros espaços fechados, mal ventilados ou lotados;

Reduza o grupo: respeite as regras sobre os ajuntamentos e limite ao máximo o número de participantes dos festejos;

Ventile os espaços: abrir janelas e portas é uma das formas mais simples de garantir a circulação de ar fresco;

Personalize as máscaras: sendo de utilização obrigatória, porque não incorporar as máscaras individuais nos disfarces e fazer delas acessórios assustadores?

Lave e desinfete: desinfetar as superfícies e as mãos com uma solução eficaz e duradoura, evita contágios indiretos. Além de assustar, desinfetar deve ser a palavra de ordem.

Tenha um feliz Halloween, com responsabilidade. 

Leia a notícia completa aqui: Notícias ao Minuto